quinta-feira, 7 de abril de 2011

Mossoró está sitiada pela dengue

É infinitamente pior do que é divulgado, a expansão da dengue em Mossoró. Há indícios de que as estatísticas sobre a doença estejam sendo maquiadas. O Blog ouviu depoimentos de duas fontes ligadas à Gerência da Saúde em Mossoró e à Universidade Potiguar (UnP), além da cooperativa médica Unimed. Os relatos são alarmantes e preocupantes.

- Só um trabalho feito por acadêmicos levantou mais de 480 casos de dengue este ano na cidade", comenta uma fonte da UnP.

- Já tivemos dois óbitos por dengue hemorrágica no hospital - relata outra fonte ligada ao Hospital da Unimed.

Nada é por acaso em Mossoró.

O despertar para a necessidade de enfrentamento do problema só foi detonado com pressão feita por médicos (atingidos, além de familiares) e nomes socialmente abastados.

Várias crianças e adultos influentes contraíram dengue, como o deputado federal licenciado Betinho Rosado (DEM).

Outro detalhe, é que o bairro Nova Betânia, de classe média alta e rica, aparece com destaque nas estatísticas e muitas pessoas residem em apartamentos.

Nota do Blog - Já disse e repito: o poder público tem enorme culpa nessa epidemia, mas nós como cidadãos comuns temos considerável parcela de culpa.

Agora não é de se estranhar que o "socialista" Aedes Aegypti seja caçado agora com maior vigor, depois que resolveu arrepiar para cima dos sangues mais "nobres".

Os carros "fumacê" estão mais atuantes nessas áreas privilegiadas do que na periferia.
Do blog de Carlos Santos

o que é o sexo afinal?

1. Segundo o médico é uma doença, porque sempre termina na cama.
2. Segundo o advogado é uma injustiça, porque sempre há um que fica por
baixo.
3. Segundo o engenheiro é uma máquina perfeita, porque é a única em que se
trabalha deitado.
4. Segundo o arquiteto é um erro de projeto, porque a área de lazer fica
muito próxima á area de saneamento.
5. Segundo o político é um ato de democracia perfeito, porque todos gozam
independentemente da posição.
6. Segundo o economista é um desajuste, porque entra mais do que sai. E ás
vezes, nem se sabe o que é ativo ou passivo.
7. Segundo o contador é um exercício perfeito: põe-se o bruto, faz-se o
balanço, tira-se o bruto e fica o líquido. Podendo, na maioria dos casos,
ainda
gerar dividendos.
8. Segundo o matemático é uma perfeita equação, porque a mulher coloca entre
parênteses, eleva o membro à sua máxima potência, e lhe extrai o produto,
reduzindo-o à sua mínima expressão.
9. Segundo o psicólogo, é foda de explicar...